O Condomínio Arvoredo Club Residence viveu um dia decisivo na última terça (29). Em Assembleia Ordinária realizada entre os moradores, foram discutidas três pautas importantes para a realidade do lugar: a apresentação da administradora Teodoro Pires – que já atua por lá há mais de um mês –, a eleição de uma nova chapa sindical e a prestação de contas do último ano. Quem deu abertura a reunião foi a síndica Patrícia Sousa que discorreu para os mais de trinta moradores presentes o futuro administrativo do condomínio.

 

Foram postos sobre a mesa os relatórios das contas mensais já conferidas, ficando pendente para os próximos dias apenas a aprovação pelo conselho fiscal. Sousa destacou a necessidade de acertar com os funcionários os encargos trabalhistas – que são os tributos do governo que incidem sobre os salários pagos, como INSS, FGTS, férias entre outros. Uma vez com as contas em dia, poderá ser incluída a nova empresa responsável pelos serviços de manutenção: a Proseg Conservadora, que pertence ao Grupo Flávio Pires.

 

Diante da dúvida de alguns moradores se a nova administradora substituiria a função sindical, o supervisor comercial João Paulo Martins da Cruz reforçou que a presença e importância de um síndico continuam iguais. “Não há como a Teodoro Pires tomar qualquer decisão sem um representante, é lei e as instituições – como o banco -, não aceitam” frisou Cruz.

 

Sousa complementou que as atribuições de um síndico agora passam a ser de fiscalização. “A gente vai diminuir funções como cobrança, emissão de boletos ou agendamento de área comum e transferir essa responsabilidade pra administradora, mas a aprovação de contas ou qualquer decisão final continua nossa”, pontuou a síndica.

 

Após as considerações iniciais, o comercial Eduardo D’angelo tomou a palavra e fez a apresentação da empresa. Narrou a história do Grupo Flávio Pires, que integra serviços de imobiliária, administração e conservação; e comentou os principais serviços oferecidos pela Teodoro Pires: a assistência de um contador que ficará a disposição do condomínio, a presença de um corpo jurídico, a elaboração de balancetes das despesas, cobrança de inadimplentes, registro de atas entre outros.

 

“Nós estamos aqui para ser parceira do Arvoredo Club Residence e nos prestamos em fazer um bom trabalho visando a valorização do lugar e tornando ele referência para outros condomínios. Se outras pessoas percebem o bom trabalho que vai ser feito aqui, elas vão querer comprar essa ideia e buscar os nossos serviços. Então nós operamos muito com sistema indicação”, afirmou D’angelo.

 

Para assegurar aos moradores que é possível confiar na qualidade dos serviços da Teodoro Pires, ele apresentou o Portal do Condômino, uma plataforma online que dispõe de inúmeras funções: área para acesso e atualização dos dados pessoais; o mural de recados, em que os moradores podem fazer publicações mediante aprovação do síndico; prestação de contas, onde é possível consultar extratos, folhas de pagamento e outros arquivos financeiros; documentos, onde pode-se baixar atas, regimentos e normas institucionais; e a área de enquete, em que os moradores podem fazer votações sobre questões administrativas do condomínio.

 

Outras funcionalidades do portal incluem a exposição de fotos de obras, a emissão de boletos, o contato com a administradora e a possibilidade de reservar a área comum. Sobre este último, a síndica Patrícia Sousa ressaltou novas regras quanto ao uso do espaço de festas. Quem for ocupá-lo, a partir de agora deve assinar um termo de responsabilidade em que se compromete a usar o espaço deixando-o em condições íntegras.

 

Em fase de encerramento, a assembleia deveria decidir em votação qual chapa seria eleita para assumir a gestão do condomínio a partir do dia 1º de fevereiro. Diante da inexistência de candidaturas, a atual síndica se colocou a disposição para reeleição e foi aceita por todos os presentes em unanimidade. A assembleia foi encerrada às 22h30min tendo sido registrada em ata pela assistente administrativa Nayana Viana. O documento ficará a disposição do condomínio na plataforma online e poderá ser acessado por qualquer morador.

 

Yuri Iriarte | 01 de fevereiro de 2019